top of page
  • Foto do escritorLamvie

Dente nascendo atrás de outro. O que fazer?

Um dos maiores motivos de consulta no odontopediatra é quando os pais veem um dente nascendo atrás de outro! E agora? Precisa extrair? O dente vai ficar torto? Isso é grave? É urgente?

Não família, isso não é urgente! Pode ficar calmo que temos bastante tempo para agir!

ilustração de 4 dentes nascendo, todos os dentes tem carinhas felizes

Primeiro vamos entender o porquê que um dente nasce sem o outro cair!

Os dentinhos de leite possuem raízes, iguais aos dentes permanentes. Quando chega próximo do momento de trocar, o dente permanente reabsorve, "come" a raiz do dente de leite. Quando este dentinho já está sem raiz, ele amolece e cai.


Mas algumas vezes a criança tem os dentes juntinhos, um grudadinho no outro. Desse jeito, o dente permanente que está em formação dentro da gengiva não tem "força" para reabsorver tantas raízes juntas, e ele desvia o seu caminho, normalmente nascendo atrás ou na frente do dentinho que deveria ter caído.


Então, o que podemos fazer para evitar que isso aconteça?

A primeira medida vem lá atrás, na amamentação. Amamentar e não usar bicos artificiais são os fatores número 1 para se evitar este tipo de problema; respirar com a boca fechada e mastigar alimentos duros (saudáveis, claro) também podem contribuir para o desenvolvimento da arcada e ganho de espaço.

E claro que também tem a questão genética… Caso o pai ou a mãe tenham problemas na mordida, existem maiores chances da criança ter também.


E o que eu faço se isso acontecer com meu filho?

A primeira medida é tentar amolecer o dentinho de leite. Mexer frequentemente, mastigar coisas duras, podem acelerar a mobilidade e fazer com que este dentinho caia. Caso o dente de leite não tenha nenhuma mobilidade, você tentou mexer por uns dias e mesmo assim não teve evolução, agende uma consulta com seu odontopediatra, pois possivelmente esse dente vai precisar de uma ajudinha!


E o permanente? Vai ficar torto?

Não! Os dentes ficam numa zona neutra onde a língua empurra pra fora e os lábios e bochechas pra dentro. No local onde estas forças se anulam, ficam os dentes. Logo, a língua ou o lábio vão empurrar o dentinho pro lugar, se tiver espaço!


Agora a dica de ouro: aproveite e já marque também a visita com o ortopedista funcional dos maxilares, dentista especialista em aparelho em crianças! Este probleminha pode ser um dos primeiros sinais de que não terão espaços suficientes na arcada para todos os permanentes, e já resolver esta questão economiza uns bons anos de aparelho!


Novidade imperdível desse mês de Maio para auxiliar muito a rotina da família:

ícone preto do instagram

Aqui no nosso site, estamos liberando um Guia GRATUITO de Escovação para as Crianças. Aproveitem que é exclusivo desse mês! Garanto que os baixinhos vão amar!


Nos acompanhe nas redes sociais para saber mais sobre esse e muitos outros assuntos da saúde dos nossos pequenos!


Comments


bottom of page