• Lamvie

Meu filho deu um tapa! O que fazer?

Seu filho ficou agressivo? O que pode ser?

Geralmente o pico de agressividade ocorre aos 2 anos de idade, fazendo parte do desenvolvimento da criança, onde ela ainda não sabe lidar e elaborar as emoções e as próprias opiniões.



Esse comportamento tende a diminuir conforme a criança vai se desenvolvendo e adquirindo essas habilidades de autocontrole, lá pelos 5 ou 6 anos de idade aproximadamente, porém em algumas crianças o nível de agressividade continua alto, e aí se vem diagnósticos como o TDO (Transtorno Opositivo Desafiador) ou TC (Transtorno de Conduta), lembrando que o diagnóstico é feito sempre por especialistas, com base no histórico da criança e avaliações feitas por esses profissionais.


É muito importante estar atento a esses comportamentos, pois eles podem sim perpetuar ao longo da vida, e gerar mais prejuízos na vida social.


É um desafio para os pais, professores e outras pessoas que convivem com esta criança em lidar com a agressividade, afinal muitas vezes estes adultos também acabam perdendo o controle e sem querer piorando a situação, por isso vale sempre lembrar, que as crianças possuem os mesmos sentimentos que nós, como alegria, raiva, tristeza, ansiedade, porém ainda não sabem lidar com eles, muitas vezes nem nós sabemos, não é mesmo?!


Algumas maneiras de ajuda-las nesse processo são:

- Respire fundo, acalme-se, dessa forma conseguimos pensar melhor e transmitir tranquilidade a criança, ela precisa compreender que o sentir raiva é normal, porém a agressividade não.


- Fique na altura da criança e escute o que ela tem a dizer. Na maioria das vezes a criança age dessa maneira por não dar conta em lidar com alguma emoção ou até por ter sido contrariada. É assim que ela vai começar a aprender a falar em sentimentos, não através dos gritos, chute e mordidas. Muitas crianças apresentam esse comportamento apenas para chamar a atenção, então só pelo fato de dar ouvidos a elas e prestar atenção no que têm a dizer já irá acalmá-la.


- A criança precisa expressar os sentimentos para trabalha-los e aprender a lidar com eles, usar histórias, bonecos, bichos de pelúcia, figuras que mostrem expressões e sentimentos podem ajudar ela a desenvolver empatia e entender os próprios sentimentos.


No momento que a criança está nervosa, ou irritada dificilmente ela escutará o que temos a dizer, proponha outra atividade a criança, tente desviar a atenção dela para outro foco, depois converse, pergunte por que ela agiu daquela maneira e como podem mudar juntos o modo de agir.


A melhor maneira de lidar com a agressividade da criança é manter a calma e tentar compreender a origem desse comportamento, porém muitas vezes não conseguimos lidar com isso, se isso ocorrer não deixe de procurar ajuda profissional.


#psicolamvie#lamvie#psicologiainfantil#psicoinfantil#pedagogia#psicologia#dicasparamaes#agressao#agressividade#criança#briga


Bianca Berlim Zambon | Psicóloga e Psicopedagoga | CRP 08/18223

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo