• Lamvie

A importância da comunicação

Hoje quero falar sobre uma das coisas mais importantes que devemos ter em qualquer relação: a COMUNICAÇÃO. Provavelmente ainda voltarei a escrever sobre esse tema muitas vezes.


Quero que pense em como é sua comunicação com as pessoas ao seu redor. Quando você está chateado com alguma coisa, você conversa com a pessoa sobre o que aconteceu? Ou é daqueles que guarda para si o que está sentindo?



O que me levou a escrever sobre esse assunto é que tenho observado muito a falta de comunicação entre as pessoas, principalmente quando se refere à educação das crianças. Isso faz com que a criança fique confusa, ou até mesmo se aproveite da situação para conseguir as coisas que quer.


Darei um exemplo prático:

Uma criança quer brincar com o amiguinho e pergunta para a mãe: “Mãe posso brincar com o Pedrinho? ”.

A mãe responde que não, pois está perto do horário da janta e ele tem que fazer a lição. Logo chega o pai e a criança faz a mesma pergunta e o pai autoriza.

A mãe vendo o filho saindo pela porta, diz que não é para ir. A criança diz: “Mas o pai deixou! ”.

O pai ouvindo a mãe brava chega até a mulher e diz: “Qual o problema de ele ir brincar um pouco? Deixa ele! ”.

E o casal acaba discutindo sobre o assunto, muitas vezes na frente da criança.


Essa situação é muito comum de se ver em qualquer família, não é mesmo? Mas é uma situação onde um desautoriza o outro e criança acaba não respeitando, sendo neste caso, o que a mãe diz, pois sabe que pode pedir para o pai e este vai autorizar, conseguindo fazer o que ele quer.


É muito importante que os pais conversem e tenham estabelecido regras para o filho. Se ocorrer uma situação como esta que contei, o mais adequado seria o pai dizer: “O que você combinou com sua mãe? ”.

Primeiro veja se já tem algo combinado, caso não concorde, converse separadamente sobre o que aconteceu, sem desautorizá-la. Da próxima vez poderão até agir de uma maneira diferente ou estabelecer novas regras, como poder brincar com os amigos até a hora do jantar.


A comunicação tem que ser boa com todas as pessoas que estão envolvidas na educação da criança, e todos devem “falar a mesma língua”. E aí, o que você tem a me dizer sobre esse assunto? Como a comunicação está na sua casa?


#comunicação #alinhamento #regras #família #psicologiainfantil


Thatiana C. Bertoncello, Psicóloga e Psicopedagoga Infantil. CRP 08/18069