• Lamvie

Soluço no bebê, o que fazer?


Soluçar é uma situação muito comum em bebês, mas muitas vezes deixam as famílias agoniadas. Ele pode surgir ainda dentro do útero materno e aparece com frequência nos primeiros dias de vida.



O soluço acontece devido a contrações involuntárias do diafragma (músculo abaixo dos pulmões), fazendo com que as cordas vocais fechem rapidamente e apareça o famoso som característico. Isso ocorre com frequência nos bebês, pois a respiração e a musculatura ainda são muito imaturos e acabam sendo estimulados ou irritados com facilidade, incluindo mamar rápido demais, engolir ar enquanto mastiga ou mama ou até mesmo quando estão muito ansiosos ou animados.


Como evitar o suluço? 🔸Se possível, comece a amamentar seu bebê apenas quando ele estiver mais relaxado, sem tanto choro ou euforia;

🔸Nunca aumente o furo da mamadeira, a ingestão rápida pode aumentar os soluços;

🔸Segure o bebê ereto por cerca de 20 minutos após cada mamada;

🔸Se o bebê já se alimenta, dê refeições em volumes menores, para engolir devagar.



Como aliviar o soluço? Na maioria das vezes o soluço se resolve espontaneamente e não é necessário abreviar o tempo dele, mas caso os pais queiram amenizar o desconforto, vale tentar:

🔸Colocar o bebê para sugar o peito, estimulando o diafragma a voltar à condição normal;

🔸Oferecer um pequeno gole de água ao bebê (nos casos em que já foi introduzida alimentação complementar);

🔸Deixar a criança em posição vertical (em pé), para estimular que arrote mais um pouquinho.


Quando devo me preocupar?

A maioria dos episódios de soluço duram, no máximo, alguns minutos. Se o bebê soluçar por várias horas, a criança ficar muito irritada, com dor, ou estiver atrapalhado o sono e a alimentação do bebê, o caso deve ser avaliado pelo pediatra para descartar outras patologias.


#pediatria #bebês #soluço #cuidadoscomobebe #desenvolvimentoinfantil


Dra Ana Paula Queiroz | Pediatra | CRM/PR 32458 | RQE 23810


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo