• Lamvie

Como deixar as festinhas infantis mais saudáveis

De onde veio a regra que toda festa de aniversário tem que ter aquela “bagunça gastronômica”? Salgados fritos que são consumidos junto com o chocolate do brigadeiro, molho de tomate do cachorro quente com creme do bolo e todo aquele açúcar do refrigerante com mais aquela gordura do coco do beijinho...já pensou???


Claro que em um momento de COMEmoração, como o próprio nome diz, comemos para felicitar, brindar e reunir pessoas queridas, mas porque não fazer isto com qualidade, de maneira mais saudável?!


Na era do smart food ou do novo fast food que pode ser rápido, ao mesmo tempo saudável e até orgânico, precisamos eliminar o conceito de que comer de forma saudável é chato ou não pode ser feito em fins de semana, lanches e afins.


É um hábito que deve estar presente em nosso dia a dia, visto que estudos nos mostram que os adultos têm mais dificuldades de mudar hábitos do que as crianças e que hoje em dia tem se diagnosticado mais doenças relacionadas a alergias e intolerâncias alimentares.


Assim sendo, as festinhas podem ser também um momento para promover novidades alimentares, inovar no estilo da festa e, quem sabe, até criar receitas junto a outras mamães e amigos.


É possível incorporar ao cardápio um espetinho de frutas ou um mini sanduíche natural! O efeito é tão interessante quanto o de um doce decorado, acredite!


Podemos até verificar com a criança as opções que ela gostaria, assim, as chances de sucesso entre as outras crianças é mais garantido. Não é necessário ter muita variedade na mesa, evitando sobras desnecessárias (1 mês depois comer bolo congelado ninguém merece) e o morder de tudo um pouco e jogar fora. Algumas sugestões:


Lanchinhos salgados

  • Esfihas ou quibes assados;

  • Lanchinho de carne louca no pão caseiro integral;

  • Mini Pizza com queijo e tomate feita em casa;

  • Pãozinho com patê de tomate e ricota ou no espeto com tomate cereja;

  • Rolinho de wrap (patê de atum, alface, tomate, cenoura. Enrole e depois fatie);

  • Purês ou escondidinhos (sirva em mini panelinhas com colheres);

  • Muffin de queijo e legumes (utilize as forminhas de cupcake para assar);

  • Pão de queijo caseiro (sirva em forminhas);

  • Milho cozido cortado em pequenos pedaços com espetinho;

  • Batatinha cozinha com ervas no espetinho.

Lanchinhos doces

  • Salada de frutas no cone de sorvete;

  • Espetinho de frutas banhadas no chocolate;

  • Frutas no iogurte e congeladas ou o picolé de frutas tradicional;

  • Maça do amor (coberta por amendoim, iogurte ou até chocolate granulado);

  • Gelatina de uma cor, só com maçã ou morango picado ou de várias / cores / camadas no mesmo potinho;

  • Mini churros assado;

  • Doce bananinha (banana passa cortadinha com doce de leite no meio e granulado de bolinha colorida em cima)

  • Palito de queijo com goiabada (Romeu e Julieta)

Bebidas

  • Sucos naturais e frescos em jarras ou em grandes potes para servir com conchas, ou em garrafinhas individuais;

  • Chás mate ou de ervas e águas aromatizadas em suqueiras ou filtros.


O mais importante ao realizar uma festa infantil com opções saudáveis, é saber dosar. Bem como os dois amores e o quibe, podem ser oferecidos, visto que não deveriam ser uma comida do dia a dia. Já as frutas no potinho, podem fazer parte da mesa e também do lanche na escola. A ideia é não fazer a exceção virar regra e nem a regra virar exceção.


#festainfantil #alimentaçãosaudável #nutriçãoinfantil


Larissa Macedo, Nutricionista Materno Infantil. CRN/PR 3622